Hyper-V: Exportar e importar VMs

Migrar maquina virtuais (VMs) não é uma tarefa que você precisa fazer todo dia, más precisa estar preparado para fazer qualquer momento. Em casos de desastres você não terá muito tempo para pesquisar no fóruns e talvez você nem internet vai ter. A migração não é um bicho de sete cabeças mas a Microsoft poderia ter facilitado o um pouco.

Procedimento
1- Parar a VM e exportá la para uma pasta local no primeiro servidor com Hyper-V
2- Copiar os arquivos manualmente
3- Importar a VM ao novo servidor com Hyper-V

1- Parar a VM e exportá la para uma pasta local no primeiro servidor com Hyper-V
Para aparecer o botão exportar, será necessário desligar a VM, então agende o procedimento, ou melhor pratique com uma VM de teste.
Agora que a VM está parada, clique com o mouse direito na VM e escolhe exportar
exportar VMaparecera uma caixa de dialogo para digitar o local onde será “criada uma pasta com o nome da VM”. Aqui que a Microsoft poderia ter facilitado, pois não da para escolher um local remoto de rede e fica apresentando um erro de permissão mesmo relaxando todas permissões e incluindo a conta de computador como administrador no servidor remoto.

Escolhemos um pasta local no servidor e a exportação começa

2- Copiar os arquivos manualmente

copie os arquivos usando o comando copy diretamente de um servidor para outro e não use o windows explorer de um terceiro micro com uma interface gráfica pois isso faz com que os dados passem através do terceiro micro. Isso consome muita banda e é desnecessário.

use o comando xcopy com os switches /y /e /c para copiar arquivos e pastas e sem parar se haverá um erro e para não ter nenhum prompt, da pasta local para a pasta compartilhada no novo servidor usando \\servidor_remoto\pasta compartilhada\pasta_nome_da VM

3- Importar a VM ao novo servidor com Hyper-V

* Caso essa é a sua primeira VM no servidor ou lâmina, verifique que você já criou a sua rede virtual.

A primeira coisa é obviamente digitar ou navegar à pasta que tem os arquios da VM.

Nessa tela temos algumas opções

A- mover a VM, assim usamos o mesmo identificador

B- copiar a VM, assim criamos um novo identificador. Isso é interessante caso haja a necessidade de importar a VM mais de uma vez. Para fazer isso escolhe a opção “Duplicate all files…(Duplicar todos os arquivos…)”.

*OBS. Sem escolher a opção de Duplicar os arquivos, não teremos mais a chance de importar a mesma VM novamente do mesmo local (endereço digitado acima).

Após o término da importação podemos ter uma mensagem de aviso como na imagem

essa mensagem é geralmente causado pela incapacidade de importar a imagem .iso usada pela VM original. Imagens .iso montadas devem ser desmontadas antes da exportação para evitar esse aviso. Mesmo com esse aviso você pode proceder sem problema.

O procedimento também importa todas as snapshots e discos diferenciais (differential discs)que a VM tem.

Um comentário em “Hyper-V: Exportar e importar VMs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s